• HOME
  • >
  • Notícias
  • >
  • Câncer impacta na rotina de trabalho de funcionários e empresas

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




15/07/2016

Câncer impacta na rotina de trabalho de funcionários e empresas

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) faz um importante alerta. De janeiro até o final deste ano serão descobertos quase 600 mil novos casos da doença. No Brasil, entre os mais incidentes estão o câncer de pele, de próstata e de mama.

A predisposição genética aliada ao comportamento de risco, tais como o tabagismo, a ingestão de bebidas alcoólicas, a obesidade, a exposição ao sol sem proteção e a má qualidade da alimentação estão entre os principais fatores para o desenvolvimento da doença. Por isso, no combate ao câncer, a prevenção através de hábitos saudáveis tem extrema importância.

Visitas regulares ao médico também são cruciais, afinal, exames de rotina podem detectar precocemente a doença, aumentando consideravelmente as chances de cura, a sobrevida do paciente com qualidade de vida e ainda, diminuindo os custos de tratamento, principalmente para a rede pública de saúde. O diagnóstico precoce também tem influência direta no aspecto psicológico do paciente, já que há mais chances de que o afastamento de suas atividades diárias seja pontual, e logo possa voltar à sua rotina pessoal e de trabalho.

Cuide-se +

Para salvar vidas e diminuir o impacto que estes afastamentos causam nas empresas, em 2012 o Sesi no Paraná lançou o Cuide-se +, que leva prevenção e educação para o trabalhador da indústria. Redução de incidência de acidentes, de situações de risco, de índices de absenteísmo e licença por doenças na empresa são alguns dos focos do programa, que atua em oito eixos: Prevenção ao Uso de Álcool e outras Drogas, Alimentação Saudável, Prevenção de Acidentes de Trabalho, Saúde Mental, Prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Prevenção de Doenças Crônicas e Estímulo a Atividades Físicas e Prevenção do Câncer.

Neste último caso especificamente, unidades móveis equipadas com todos os aparelhos necessários percorrem as indústrias para realização de exames preventivos para trabalhadores da indústria na investigação dos casos de câncer mais prevalentes (pele, próstata, colo de útero e mama). O foco do Cuide-se+, além da prevenção, é detectar o câncer em estágio inicial, principal medida para evitar que a doença deixe de ser fatal.


Unidade móvel Cuide-se + (Foto: Arquivo Sesi)

 Entre 2014 e 2015 o Cuide-se + atendeu mais de 280 indústrias em mais de 50 cidades, totalizando 8.800 trabalhadores e mais de 15 mil exames. Deste montante, 323 industriários foram encaminhados para hospitais parceiros. “Caso haja alguma alteração no exame, por meio de parcerias, orientamos o trabalhador para queacione a rede pública ou seu plano de saúde, e então inicie o tratamento”, explica a coordenadora do eixo de prevenção do câncer do Programa Cuide-se+, Fabiana Tozo. Atualmente, são parceiros o Centro de Oncologia de Cascavel (CEONC), Hospital de Câncer de Cascavel (UOPECCAN), Hospital Regional João de Freitas (Arapongas) e Hospital Erasto Gaertner, de Curitiba.

 

Conteúdos Relacionados

cancer      Saiba mais sobre o programa 

unidade 3    Cuide-se + ganha 3ª unidade móvel

 

 

 

Sesi   Serviço Social da Indústria (Paranà)   Direitos Reservados
Av. Cândido de Abreu, 200   Centro Cívico   80530-902   Curitiba   PR   0800 648 0088