Saúde

NOTÍCIAS

Por que prevenir as doenças crônicas não transmissíveis?

Um desafio para governos de todo o mundo, estão ligadas ao bem-estar e à qualidade de vida

19/05/2022

compartilhe

Há alguns anos, o Sesi Paraná, em parceria com a consultoria Great Place to Work (GPTW), premia as indústrias paranaenses com as melhores práticas em segurança, saúde e bem-estar. As indústrias que se inscrevem convidam seus colaboradores a responderem à pesquisa de clima Great Place do Work. A edição de 2021 trouxe dados relevantes sobre o clima organizacional das empresas que concorreram ao Troféu Sesi.

Entre eles, estão os relativos às doenças crônicas não transmissíveis (DCNT). De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), elas foram responsáveis por 73% das mortes no mundo em 2019. Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), elas provocarão perdas econômicas na ordem de US$ 21,3 trilhões em países de renda baixa e média nas próximas duas décadas.

As doenças desenvolvidas ao longo da vida por conta de estilo de vida e fatores de riscos preveníveis, como as cardiovasculares, as respiratórias crônicas, os cânceres e diabetes, têm entre as principais causas:

Alimentação não saudável

Sedentarismo

Tabagismo

Uso abusivo de álcool.

E é por isso que as ações preventivas e de conscientização têm tanta importância no seu combate.

Das indústrias que responderam à pesquisa, no último ano:

81% das empresas oferecem estrutura que favorecem a prática de atividade física para ir ao trabalho (têm bicicletário e vestiários para tomar banho).

72% ofertam incentivo/orientação com relação aos cuidados com a alimentação durante o trabalho remoto.

68% oferecem materiais ou fizeram campanhas de prevenção às DCNT.

57% possuem alguma política de RH ou SST para apoiar o tratamento de colaboradores com DCNT.

51% ofertam algum benefício que incentive a prática de exercícios físicos ou esportes, como descontos em academias, ajuda de custos ou parcerias.

Vem saber o que as empresas certificadas com o Troféu Sesi GPTW têm em comum!

Você sabia?

Que 80% dos casos de doença cardíaca prematura e AVC poderiam ser evitados por meio de mudanças no estilo de vida, como ter uma alimentação saudável?

Que a inatividade física é um dos principais fatores de risco para DCNT e morte no mundo?

Que de quatro a cinco milhões de mortes poderiam ser evitadas por ano se a população global fosse mais fisicamente ativa?

Que o custo dessa inatividade física é de US$ 54 bilhões em assistência médica direta e US$ 14 bilhões em perda de produtividade?

Que a atividade física regular pode prevenir e ajudar a controlar doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e câncer, que causam quase três quartos das mortes em todo o mundo?

Que a atividade física regular também pode reduzir os sintomas de depressão e ansiedade, melhorar a aprendizagem e ainda contribuir para a manutenção do peso saudável e do bem-estar geral?

Que o objetivo do Troféu Sesi de Melhores Práticas em Segurança, Saúde e Bem-estar 2021 é reconhecer, divulgar e incentivar as melhores práticas realizadas por indústrias paranaenses?

E as inscrições para a edição 2022 já estão abertas. Clique aqui para saber mais.

 

 

 

 

 

NOTÍCIAS