Nrs

NOTÍCIAS

Atenção à NR-34

Por trazer no último tópico o título naval, muitas indústrias subentendem que não precisam se adequar, o que não é verdade

21/11/2023

compartilhe

A NR-34 estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção à segurança, à saúde e ao meio ambiente de trabalho nas atividades da indústria de construção, reparação e desmonte naval. Por serem executados em ambiente complexos, procedimenta a execução de:

  • trabalho a quente (34.5)
  • trabalho em altura (34.6)
  • trabalho com exposição a radiações ionizantes (34.7)
  • trabalho de jateamento e hidrojateamento (34.8)
  • atividades de pintura (34.9)
  • movimentação de cargas (34.10)
  • montagem e desmontagem de andaimes (34.11)
  • equipamentos portáteis (34.12)
  • instalações elétricas provisórias (34.13)
  • teste de estanqueidade (34.14)
  • fixação e estabilização temporária de elementos estruturais (34.15)
  • serviços com apoio de estruturas flutuantes (34.16)
  • plano de resposta às emergências – PRE (34.17).

Carlos Alberto Braz, instrutor técnico do Sesi de Ponta Grossa, conta que nestes 12 anos de sua aplicação, passou por dez atualizações. “O objetivo foi de flexibilizar e dinamizar a norma, sem perder a essência da prevenção, sendo a última de dezembro de 2022, com o principal intuito de harmonização entre todas as NR’s, dando mais destaque e importância ao PGR – Programa de Gerenciamento de Riscos”, explica.

Pela abrangência da NR34, ela atinge os mais variados segmentos da indústria, isso na maioria dos itens por ela procedimentados, principalmente ramos que atuem de forma direta ou indireta na manutenção ou fabricação como por exemplo na indústria metalmecânica”, completa.

Com a finalidade de apoiar a indústria, o Sesi Paraná oferta cursos, como o de capacitação de 8 horas de segurança para trabalho a quente, onde enfatiza-se a segurança na operação de equipamentos; e o de reciclagem de 4 horas de segurança para trabalho a quente. “Porém, o Sesi pode customizar os treinamentos conforme demanda da empresa”, afirma.

Para saber mais, procure o Sesi mais próximo.

NOTÍCIAS