Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




GRAVIDEZ03/06/2015

Alunos de Itaperuçu debatem sobre gravidez na adolescência

A discussão aconteceu entre estudantes da Escola Municipal Vereador João Apolinário Stresser

Com o objetivo de fazer os alunos refletirem sobre as consequências de uma gravidez na adolescência, o Sesi no Paraná realizou um diálogo entre os alunos do quinto ano, de 10 a 13 anos, da Escola Municipal Vereador João Apolinário Stresser, de Itaperuçu, município do Paraná, na última segunda-feira (01). A discussão teve o intuito de fazer com que os estudantes pensassem em como a gravidez mudaria o futuro profissional de cada um.

clique para ampliarclique
                                          para ampliarAluna desenhando como imagina o seu futuro. (Foto: Divulgação)

De acordo com os dados do Portal ODM, a quantidade de crianças que nasceram de mães adolescentes passou de 29,9% para 32,6%, entre 2001 e 2013. Isso representa um total de um a cada três nascidos vivos e preocupa a sociedade, já que essas meninas, menores de 20 anos, assumem responsabilidades que não estão preparadas.

A agente de desenvolvimento local, Thainara Moreira, que realizou a discussão com os alunos junto com a professora da turma, percebeu que os alunos não têm conhecimento nenhum quanto à prevenção, pois os pais não tocam no assunto. “Acredito que eles saíram da sala de aula, pelo menos naquele instante, pensando que eles têm sonhos e objetivos de vida que podem ser completamente extintos por causa de uma gravidez precoce”, pontua a agente.

Para a professora dos alunos do quinto ano, Sueli França, a discussão aconteceu no momento certo por dois motivos. “Primeiro, porque tinha acabado de falar sobre puberdade e reprodução humana, então, a Thainara entrou com o assunto na hora certa. Segundo, porque eles estão na pré-adolescência, mas já se acham adultos. Os exemplos mostraram como não dá para fazer tudo o que querem, sem se cuidar”, explica a professora.

De acordo com a professora, no dia seguinte da discussão, vários alunos falaram para os que faltaram “você não sabe a aula legal que perdeu ontem”. Vários exemplos que aconteceram próximos a eles, fizeram refletir e chegar à conclusão de que o cuidado e a prevenção são essenciais, pois tudo acontece na hora que deve acontecer. 

Sesi   Serviço Social da Indústria (Paraná)   Direitos Reservados
Av. Cândido de Abreu, 200   Centro Cívico   80530-902   Curitiba   PR