Notícias

Alunos do Colégio ganham o 1º lugar em concurso de prevenção ao uso de drogas

compartilhe

AO ano de 2021 já começou uma boa notícia para o Colégio Sesi da Indústria. Pelo terceiro ano consecutivo, a unidade Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, obteve o primeiro lugar no Concurso Estadual de Produção de Material Audiovisual Sobre Drogas, na categoria “Instituições privadas de ensino”. Promovido pelo Núcleo Estadual de Políticas sobre Drogas, que integra a Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná, o concurso existe desde 2017 e o Colégio Sesi da Indústria participou de todas suas quatro edições já realizadas, por meio da unidade Afonso Pena. “Para nós, receber o prêmio de primeiro lugar no concurso é um reconhecimento do nosso potencial enquanto escola e instiga os alunos no descobrimento de talentos e vocações”, afirma Tais Ferreira da Luz Lopes, gerente da unidade.

Os professores responsáveis por orientar os alunos no projeto vencedor do concurso foram Ana Julia Donatti Fogiatto e Paulo Roberto Ribeiro Hannesch, que relembra o histórico de participação da unidade Afonso Pena no concurso, desde a sua criação. “Participamos do concurso desde a sua primeira edição, em 2017. Naquele primeiro ano, fomos o segundo colocado do Estado no concurso e recebemos, além da premiação, a oportunidade de a obra ser exibida nos cinemas de todo o Paraná. Em 2018 e 2019, obtivemos o primeiro lugar na categoria ‘escolas privadas’ e agora soubemos que repetimos esse mesmo resultado em 2020”, conta. Neste ano, o projeto contou com a participação de alunos das três séries do Ensino Médio.

De acordo com ele, foram convidados a participar todos os estudantes que tivessem interesse pelo projeto, sendo consideradas algumas competências necessárias para produção audiovisual, como boa redação, facilidade de comunicação, habilidades com tecnologia para gravação e pós-produção, além da atuação. Os vídeos criados para o concurso também foram utilizados em uma série de ações internas do Colégio para a prevenção da drogadição, como, por exemplo, a criação de uma Oficina de Aprendizagem sobre o tema.

Como prêmio pelo primeiro lugar no concurso, a equipe de professores e estudantes que participaram do projeto receberão um certificado de participação e a exibição das obras vencedoras em todas as salas de cinema no estado do Paraná, através da lei que fomenta o concurso. “Para nós, professores, porém, o maior prêmio é perceber que o projeto ganhou uma grande visibilidade na escola, não somente pela produção de vídeo e a participação do concurso em si, mas principalmente por chamar atenção para uma temática tão urgente entre os jovens que é o enfrentamento ao uso de drogas”, completa Paulo.

Assista ao vídeo dos alunos: