• HOME
  • >
  • Notícias
  • >
  • Itaipu Binacional e Sesi: 20 anos de parceria em promoção da saúde do trabalhador

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




10/10/2017

Itaipu Binacional e Sesi: 20 anos de parceria em promoção da saúde do trabalhador

Saiba como os programas do Sesi no Paraná impactam em melhores índices de produtividade na maior usina do mundo

Líder mundial em produção de energia limpa e renovável, a Itaipu Binacional produziu mais de 2,4 bilhões de MWh desde o início de sua operação há mais de 30 anos. Nesses anos todos de atividade, há 20 o Sesi é parceiro da empresa em programas de promoção da saúde, sendo responsável por melhorar os índices como sedentarismo, sobrepeso e doenças crônicas. Conversamos com Elton Antonio Valentini, fisioterapeuta e coordenador do programa Reviver-eixo atividade física, que contou em entrevista como os programas que o Sesi desenvolve junto à Itaipu resultam em quadros de produtividade positivos e reduzem o impacto com afastamentos nos postos de trabalho. 

De que formas os programas de promoção da saúde melhoram a produtividade dos trabalhadores da Itaipu?

Melhoram de duas formas: na prevenção do absenteísmo (ausência do trabalhador no ambiente de trabalho), principalmente afastamento por lesões musculares e também por doenças do sistema nervoso (emocionais). A outra forma é que, assim como equipamentos precisam de manutenção preventiva, o ser-humano também precisa. Atividades como caminhada e corrida estimulam a melhora do condicionamento físico o que impacta na melhoria da produtividade da equipe. 

Como o Sesi atua nos programas de promoção da saúde? 

São vários os programas que o Sesi está à frente. Tem a ginástica laboral, que atende hoje 42 grupos de colaboradores, as academias corporativas, localizadas em Curitiba e em Foz do Iguaçu (uma dentro da usina e outra no centro executivo) e as corridas e caminhadas após o expediente três vezes por semana. 93% dos nossos trabalhadores participam de alguma ação de saúde e segurança. E o que a gente percebe é uma melhora no condicionamento físico e na diminuição do absenteísmo. Em Foz do Iguaçu, é aplicada a pesquisa para o Diagnóstico de Estilo de Vida do Trabalhador a partir do Índice Geral de Estilo de Vida – IGEV (SESI, 2009). Esta pesquisa do Sesi foi respondida por 377 empregados, 32% do total empregados ativos no período. Segundo a pesquisa, quanto maior o valor do IGEV mais positivo o estilo de vida dos empregados. O IGEV 2016 da Itaipu, apesar de ter sido inferior ao de 2015, continua superior aos índices do Paraná e também do Brasil.

Há algum outro serviço ou programa nessa área em parceria com o Sesi? 

Tem outros dentro da medicina do trabalho. São médicos, que realizam consultas periódicas, fonoaudiólogos, para exames de audiometria e psicólogos, para exames psicossociais.

Ao que se deve a parceria tão longa entre o Sesi e a Itaipu? 

Sempre tivemos sorte do Sesi ganhar as licitações para atuar na Itaipu. Os profissionais que nos atendem têm uma visão muito mais completa em relação à saúde do trabalhador. Eles direcionam o trabalho de acordo com a necessidade específica de cada linha de atuação. Com as academias corporativas, por exemplo, há um treinamento muito selecionado sem replicar modelos de atividades realizados em academias tradicionais. Há um cuidado muito apurado com nossos colaboradores por parte do Sesi.

Conheça os serviços em promoção da saúde do Sesi no Paraná.

Sesi   Serviço Social da Indústria (Paraná)   Direitos Reservados
Av. Cândido de Abreu, 200   Centro Cívico   80530-902   Curitiba   PR