Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




29/05/2013

Câncer de colo de útero

O câncer de colo de útero é o segundo tipo mais comum entre as mulheres. É altamente tratável, se diagnosticado no início, e o percentual de cura pode chegar a 100%.

A doença demora muitos anos para se desenvolver e, no estágio inicial, não apresenta sintomas. Por conta disso, é muito importante fazer o exame preventivo (Papanicolau) todos os anos.

O câncer começa com uma lesão pré-invasiva, que não se espalha para outras células. Mulheres diagnosticadas nessa etapa têm total chance de cura. Depois, a doença progride lentamente por 10 a 20 anos, até alcançar o estágio avançado, em que a cura é mais difícil.

Entre os fatores de risco para o câncer de colo de útero estão ainda o início precoce da atividade sexual, múltiplos parceiros, o fumo e o uso prolongado de pílulas anticoncepcionais.

O aparecimento do câncer está ligado, na maioria das vezes, à infecção pelo HPV (papilomavírus humano), que é uma doença sexualmente transmissível. A transmissão do HPV não é totalmente evitada com o uso de camisinha e é recomendável que as meninas sejam vacinadas contra o vírus antes da primeira relação sexual.

EXAME 

Para o diagnóstico da doença em estágio inicial, toda mulher com mais de 25 anos deve ir ao ginecologista para fazer o exame preventivo (Papanicolau) anualmente.

O exame é simples, praticamente indolor e o material é colhido no próprio consultório médico. Não tenha medo ou vergonha. O exame pode evitar um tratamento difícil e até mesmo salvar a sua vida.

TRATAMENTO

O tratamento dependerá do estágio da doença. Os mais comuns são cirurgia e radioterapia.

 

 

 

 

UNIDADE MÓVEL DE PREVENÇÃO AO CÂNCER

O programa Cuide-se + possui uma unidade de atendimento móvel que percorre todo o estado atendendo as indústrias paranaenses.CONHEÇA A UNIDADE MÓVEL

REVISTA ELETRÔNICA CUIDE-SE +

Conheça a revista eletrônica e tenha ainda mais informações importantes para sua saúde.ACESSE A REVISTA GRATUITAMENTE