Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




27/07/2017

CUIDE-SE+ EIXO ATIVIDADE FÍSICA - O papel do Sesi

Como reflexo das grandes mudanças que vêm ocorrendo no estilo de vida da população brasileira, sobretudo sobre a inatividade física e outros fatores de risco como consumo alimentar e o fumo, podemos identificar um crescimento relativo e absoluto das doenças crônicas não transmissíveis -  DCNT no país, principalmente das doenças cardiovasculares, obesidade, neoplasias e diabetes tipo II.

Desta forma o Sesi que sempre se encontrando na vanguarda de conceitos e informações, tem o papel primordial de apoiar as indústrias do estado do Paraná, a buscarem ações preventivas focadas na Promoção da Saúde dos seus trabalhadores, afim de obterem maiores resultados tanto do seu ambiente laboral, com ações e atividades que promovam este universo, bem como na busca da redução de custos ligados a saúde destes trabalhadores, afim de aumentarem a sua produtividade e competitividade.

Conforme pesquisa realizada pelo Sesi em 2016, através do levantamento de informações do Sistema de Avaliação do Estilo de Vida e Produtividade (SAEVP), identificou-se que a média de trabalhadores Inativos Fisicamente no Paraná aumentou de 37,33% em 2015 para 39,18% em 2016¹, verificou-se ainda um alto percentual de trabalhadores “Inativos Fisicamente nos Deslocamentos”, cerca de 78,98%¹.

Numa nova concepção, podemos identificar que o comportamento sedentário não pode ser explicado como a ausência de atividade física, mas sim, diferentes atividades que envolvem o tempo sentado e atividades com um gasto energético baixo8.

Novos achados epidemiológicos sugerem que longas jornadas de tempo sentado têm efeitos deletérios para a saúde cardiovascular9, e apresentam uma relação com taxas de mortalidade, mesmo entre indivíduos que são considerados fisicamente ativos de acordo com as recomendações atuais de atividade física10,11,12.

Nesse sentido, passou-se a refletir que o comportamento sedentário pode ser um importante fator de risco à saúde das pessoas, e que aumentar a prática de atividades físicas de intensidade moderada a vigorosa, simplesmente, pode não ser suficiente para alcançar a plenitude de benefícios para saúde e qualidade de vida13. Necessitamos desta forma então, além de realizarmos a quantidade de atividade física mínima recomendada pela Organização Mundial da Saúde (150 minutos de intensidade moderada de atividade física aeróbica por semana ou 75 minutos de intensidade vigorosa de atividade física aeróbica por semana)14, mas sim reduzir com maior efetividade a quantidade de tempo sentado de nossas atividades diárias.

O Cuide-se + é um programa do Sesi que busca levar qualidade de vida para o trabalhador da indústria paranaense por meio da prevenção e da educação. O Programa tem como foco contribuir para a redução da incidência de acidentes, das ocorrências de situação de risco, dos índices de absenteísmo e licenças por doenças na empresa, a partir da educação para a valorização da vida. Sendo que os serviços ofertados por meio da utilização de ferramentas específicas, são capazes de atender às necessidades das indústrias, em relação aos seus processos de tomada de decisão.

UNIDADE MÓVEL DE PREVENÇÃO AO CÂNCER

O programa Cuide-se + possui uma unidade de atendimento móvel que percorre todo o estado atendendo as indústrias paranaenses.CONHEÇA A UNIDADE MÓVEL

REVISTA ELETRÔNICA CUIDE-SE +

Conheça a revista eletrônica e tenha ainda mais informações importantes para sua saúde.ACESSE A REVISTA GRATUITAMENTE