Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




18/09/2018

Clonagem - e o que ela pode significar

Avanços em métodos de clonagem impressionam, ao mesmo tempo em que podem dividir opiniões

No final dos anos 90, um grupo de cientistas escoceses apresentavam a ovelha Dolly, o primeiro mamífero clonado com sucesso a partir de uma célula já adulta. A ovelha mais famosa do mundo foi submetida a um processo de eutanásia com quase dez anos de vida, já que passou a sofrer com uma complicação pulmonar progressiva.

No começo de 2018, cientistas chineses divulgam uma nova e bem-sucedida clonagem, dessa vez com primatas. O trabalho consistiu em remover o núcleo de uma célula ovo e substituir pelo de células de um animal que leva outro DNA, e o desenvolvimento do óvulo origina um ser geneticamente idêntico ao doador.

Episódios como esses acima podem nos fazer pensar: que influência isso tem em nossas vidas? Bem, talvez mais do que você possa imaginar.

De uma perspectiva evolucional, o macaco é o animal que mais se assemelha ao ser humano. Isso pode significar que grandes estudos - como testes de drogas e outras descobertas da área médica - sejam desenvolvidos e tragam diversos benefícios. É o caso da clonagem terapêutica, com a produção em laboratório das chamadas "células tronco". 

Nesse contexto, a comunidade científica se divide. O desenvolvimento dos processos de clonagem representa, sem dúvida, grandes avanços do ponto de vista técnico. No entanto, há também questões como a bioética, que estuda os impactos e limites dessa prática.

É muito importante que os vestibulandos estejam por dentro deste assunto que sempre aparece em questões de vestibulares.