Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




03/07/2018

Período de férias de julho é oportuno para fazer transferência de colégio

Colégio Sesi, no Paraná, está com transferências abertas para segundo semestre

Há um ano, a estudante Roberta Sorice, de 16 anos, decidiu iniciar o segundo semestre em um novo colégio. Com o período das férias de julho se aproximando, muitas famílias, assim como a dela, consideram o momento oportuno para fazer essa mudança. Transferida para o Colégio Sesi Internacional, em Curitiba, Roberta teve contato com uma nova metodologia, que prioriza o trabalho em equipe, com disciplinas integradas, incentivando o uso de novas tecnologias no ensino. Tudo isso com ensino bilíngue, em português e inglês.

Roberta ressalta, que após a transferência, ela desenvolveu habilidades que não possuía, além de trabalhar o caráter e desempenho social. "Dentro do trabalho em equipe, eu preciso socializar com as pessoas, falar com quem não é do meu círculo de amigos, de forma que todos entrem em um consenso, o que não era algo que eu fazia antes, já que sempre fui uma pessoa mais introvertida. Já os afterschools, que são oficinas fora do horário regular de aulas para estudo personalizado, me ajudaram a desenvolver outras qualificações". 

Quem também passou por essa experiência de transferência foi a estudante Bianca de Farias, 15 anos, que fez a mudança em maio deste ano para a unidade do Colégio Sesi, no Portão. Ela optou por uma metodologia diferente da qual já estava acostumada. "Meu desempenho era bom, mas desmotivado. Com as atividades em grupo, aprendi a vencer minha timidez e me interessar mais em participar dos projetos, isso me ajudou muito. Hoje eu tenho um bom desempenho e vontade de aprender", comenta a estudante.

Um dos fatores que incentivou Bianca a ter mais vontade de estudar foi a autonomia de poder escolher um dos temas de estudo propostos pelo Sesi, dentro das Oficinas de Aprendizagem. Com essa metodologia, o colégio elabora um planejamento, para que o aluno contextualize o assunto em todas as matérias. "As disciplinas integradas e as oficinas com temas atuais, me mostraram o porquê de estudar aquele conteúdo, resultando em um engajamento maior da minha parte", comenta Bianca.

Metodologia inovadora

A gerente executiva de Educação do Sistema Fiep, Giovana Punhagui, comenta que o século 21 é considerado o século do desenvolvimento de habilidades como pensamento crítico, criatividade, colaboração e trabalho em equipe, autonomia e pesquisa. Com isso, há necessidade de repensar o modelo escolar. Giovana cita alguns diferenciais da metodologia do Colégio Sesi:

1. Desenvolvimento de autonomia e metodologia para solução de problemas;

Os alunos são incentivados diariamente a ter mais autonomia em relação ao planejamento de estudos, fazendo com que eles tenham prazer em aprender e se tornem mais comprometidos com os estudos. Outra característica é a facilidade em expressar suas ideias de maneira criativa e dinâmica. A prioridade nesse tipo de ensino é a pesquisa e não somente a memorização de macetes e fórmulas prontas. O foco é o desenvolvimento de habilidades, incentivando o estudo em um contexto baseado na atualidade.

2.     Trabalho em equipe e colaboração

Com a proposta de um novo modelo de sala de aula, em que os alunos sentam em mesas coletivas redondas e não em fileiras, incentiva-se o debate sobre pesquisas, compartilhamento de ideias e o trabalho em equipe.

3.   Desenvolvimento de habilidades socioemocionais

Além do layout das salas, as turmas são interseriadas (1º, 2º e 3º ano). No futuro, em um ambiente de trabalho, os estudantes terão que lidar com pessoas de lugares e idades diferentes. Como o método busca formar pessoas autônomas e preparadas mentalmente para o mercado de trabalho, é importante vivenciarem as diferenças desde o ensino médio.

4.   Pensamento crítico

Existem diversas parcerias com empresas e instituições de todo o estado para o desenvolvimento do pensamento crítico dos alunos. A proposta é promover o livre debate, utilizando notícias de veículos de comunicação conhecidos no Paraná para incentivar discussões em sala de aula e a diversidade de opiniões.

5.   Orientação de carreira

O objetivo é preparar os alunos para o mercado de trabalho desenvolvendo competências essenciais para a vida profissional, como o trabalho em equipe, elaboração de soluções criativas e um bom relacionamento interpessoal. Além disso, os alunos contam com projetos que estimulam o empreendedorismo, com acesso a incubadoras e cursos profissionalizantes.

Com o período das férias se aproximando, o Sistema Fiep, por meio do Colégio Sesi no Paraná, já está com transferências abertas, que podem ser solicitadas em qualquer unidade no Paraná, desde que existam vagas disponíveis.